top of page

Tendências do RH para os próximos anos

Não é novidade que a área de Recursos Humanos deixou de ser o setor que cuida apenas de contratações e demissões de colaboradores há muito tempo. O RH hoje desempenha um papel cada vez mais estratégico na empresa e está em constante transformação. Por isso, conhecer e estar alinhado com as principais tendências do RH para os próximos anos é fundamental para manter a competitividade. Continue lendo o texto para conferir o futuro do RH!


Principais tendências do RH para os próximos anos

Mais flexibilidade

A força de trabalho atual, os millennials, possuem paradigmas muito diferentes das gerações anteriores. Logo, o RH precisa se adaptar a sua inquietude e agilidade com comunicação frequente e inovação.

Outros pontos que a área precisa levar em conta foram apresentados por uma pesquisa realizada pela consultoria PwC: mais flexibilidade por parte da empresa, alteração dos horários de trabalho com jornadas mais flexíveis, feedback contínuo, home office e reconhecimento contínuo.

Além disso, as mudanças trazidas pela pandemia de COVID-19 também aceleraram a necessidade de flexibilidade e devem continuar mesmo após o fim da emergência sanitária.

Levando em conta os fatores acima, o RH precisa se adaptar a novas formas de recompensa e organização para manter o engajamento e a motivação dos colaboradores das novas gerações.


Mudança de atuação

Outra tendência do RH para os próximos anos é a incorporação de novas habilidades à sua atuação diária, como o marketing. A partir disso, será possível elaborar ações mais customizadas e alinhadas com as expectativas dos colaboradores com estratégias de endomarketing.


Gamificação

O objetivo desta tendência é motivar as pessoas a partir de elementos emprestados do mundo dos videogames. Dessa forma, processos rotineiros, como fornecimento de feedback, se tornam mais interessantes e com maior potencial de engajamento a partir de estratégias de gamificação.


Dados vão ser a base do novo RH

Outra tendência que vem ganhando força há algum tempo é o People Analytics. E, os dados comprovam isso. Segundo uma pesquisa da KPMG, 60% dos executivos pretendem investir em análise preditiva no prazo de até 2 anos.

E a decisão não é sem fundamento. Com o People Analytics é possível melhorar a retenção de talentos, garantir um processo de recrutamento e seleção mais efetivo e impulsionar a construção de diversidade dentro da empresa. Também é possível produzir relatórios mais assertivos e relevantes, facilitando a análise preditiva.


Informação é poder!

Conhecer e aplicar as principais tendências do RH para os próximos anos é fundamental para manter a competitividade dos negócios e o engajamento dos trabalhadores.

E o People Analytics é uma forte tendência que deve só crescer nos próximos anos. Por isso, conte com a RH Numbers. Somos especialistas em People Analytics e podemos ajudar a sua empresa a transformar informações em conhecimento e resultados.


Comentarios


bottom of page